...minha escrita até pode ser autodidata,
mas está bem longe de ser autobiográfica...

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

paraMAIORES...


Não quero ser reverenciada em um altar de possibilidades...



Quero um tanto de safadeza, ardor, vontade sem pudor e ainda assim ser tocada com a pureza de ser amada.


Conquiste-me com teu sexo inconsequente, mas que ele seja a consequência da nossa gentileza apimentada ao som de sussurros.


Que a tua falta de timidez venha bem acompanhada de respeito despudorado, tornando inevitável este ‘querer estar ao seu lado’.


Eu quero a sorte de matar a monotonia dos dias com olhares, salivas, pernas e suores dignos de transformar qualquer tédio em poesia.


Não me venha com perfeições, quero teu amor cheio de defeitos, erros e contradições típicas de gente de carne e osso.



Sabe seu moço...




“Amar não é uma regra,

e sim onde a regra se quebra.

Não se come uma mulher,

ela é que se devora!”

(Carpinejar)





Maria Rita



27 comentários:

Thomas Albuquerque disse...

Somos perfeitamente humanos e humanamente imperfeitos...


beeeijos

Renata Fagundes disse...

desfrutar as delícias de viver um amor despudorado é um privilégio


beeeeeeijo Maria Rita

Lady disse...

Que belo texto ...
quero eu ter esta mesma sorte, rs

bjs

Michele P. disse...

E já disse outro poeta o quanto o amor é contraditório...

Gostoso de ler, melhor de sentir. Palmas para vc, minha amiga.

Um abraço

Pedro Gaivota disse...

Rapariga!!! A capacidade que tens en transformar sentimentos em palavras.Dizem que os génios têm a capacidade de fazer o obvio que mais ninguém se lembrou de fazer...Encontro traços de genialidade afectiva nas tuas palavras.

Maria Rita, você é fogo!

Beijinhos do Pedro Gaivota

rívea duarte disse...

Maria Rita,

saudades daqui! texto maravilhoso e que o nosso amor de cada dia seja assim, um mix de ternura e puro prazer!

bom fim de semana.
um beijo!

Maria Maria disse...

Intensamente lindo!!!!!

Obrigada pela visita!!!

Um abraço,

Maria Maria

Luciana Brito disse...

Gostei... bonito, sensual e sutil ao mesmo tempo.

"Peguei" um trecho e postei no meu tumblr (com os devidos créditos), segue o link: http://intragaveispequenices.tumblr.com/post/2762261476/em-para-maiores

beijo.

Sonica disse...

Delícia de texto, sensual e delicado!
Ótimo fds, bjs,

Long Haired Lady disse...

Perfeito!!!
disse tudo!

tem selinho pra vc no http://2edoissao5selos.blogspot.com/

aproveita e pega tambem o do meu blog no post abaixo..

Sandra Botelho disse...

“Amar não é uma regra,
e sim onde a regra se quebra.
Não se come uma mulher,
ela é que se devora!”
(Carpinejar)
Não é?
Apimentado e delicioso texto, amei.
Bjos achocolatados

Priscila Rôde disse...

"Eu quero a sorte de matar a monotonia dos dias com olhares, salivas, pernas e suores dignos de transformar qualquer tédio em poesia."

Lembrei do Cazuza ("Todo amor que houver nessa vida")!

Belo, Querida!

Ana Gaúcha _Professora disse...

S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L.

BJsssssssssssssssssssssss
bjs
e BOA SEMANA!!!!

Vieira Calado disse...

Forte!

Muito forte!

Beijocas

Angel disse...

Interessante!

Vanessa Souza Moraes disse...

Menos reverência...

http://vemcaluisa.blogspot.com/

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

matar a monotonia dos dias é um bom começo para ser feliz, a rotina é triste como um orgasmo solitário

Paulo Francisco disse...

Voltando aos poucos...
Texto lido, sentido e desejado...
Um beijo em seu coração.

Daniel disse...

Depois de tanto esperar ou procurar, seja lá o que se enquadra melhor, eu encontrei alguém (minha atual namorada e mãe da minha filha) que me trás esse prazer como nessa postagem.

Não há nada melhor do que esse tipo de amor. Safado, mas com respeito. Respeito entre os dois amantes. Há fidelidade sim, e por nos entendermos tão bem, não precisamos procurar mais ninguém.

Feliz 2011
Daniel

Pat. disse...

Eu quero é poder amar com violentas doses de ti...

Amiga, lindas palavras e muita intensidade nelas. A foto é divina, roubei!

Obrigada pelo carinho que deixas sempre em meus cantos!

Beijão

Batom e poesias disse...

Andamos querendo coisas tão simplesinhas... kkk

Lindo texto poético!

Bjcas, querida.

Rossana

ONG ALERTA disse...

O amor se perde para ser achado...
Beijo Lisette.

O amor perfeito de um anjo disse...

Olá Ana Rita,
obrigada pelo comentário.
nada melhor que desejar uma amor real gostei do que li. bjs

HSLO disse...

Maria Rita,

Obrigado pela visita ao meu blog.
Gostei muito do seu espaço. Todos os poemas carregam uma sentimento forte e bonito.

Voltarei outras vezes.

abraços
de luz e paz

Cadinho RoCo disse...

Depoimento delicioso.
Cadinho RoCo

Saulo Taveira disse...

Sim, a mulher que se devora de dentro pra fora e consome o homem pela serpente.

Belíssimo poema, deliciosa imagem.

Beijos

Paulo Francisco disse...

Com relação ao comentário no Cores e nomes, eu também sento e choro...
Adoro este texto...