...minha escrita até pode ser autodidata,
mas está bem longe de ser autobiográfica...

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

AveSSos...


Com perdão da palavra mas...

Que os meus avessos sejam então a tua maior inspiração, e neste ‘muito’ que me diz, ainda que esteja infeliz, sinta-se à vontade para se envaidecer com a tua questionável perfeição.

E entre os ‘contrários’ do meu traçado, devolvo a cada qual as suas [in]verdades, e me abstenho de todas elas, desde que não me cobrem esta maldita santidade e nem me vistam de donzela.



"Quem vive sem transgredir
Sem comer quando está com fome
Sem pegar quando tem vontade
Sem dar quando quer dar
Corre o risco de ser normal
Pai, afasta de mim esse alguém sem tesão."
(Guará Matos)



Maria Rita


23 comentários:

Paulo Francisco disse...

Perfeito: ¨Que os meus avessos sejam então a tua maior inspiração¨
Adorei!
Um beijo.

Renata Fagundes disse...

cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é...

não é minha amiga?

beeeeeeeijo

to tentando estar presente..rs

Iara disse...

Olá Maria Rita!!
Adorei o seu espaço encantador e cheio de verdades.
Ja estou te seguindo.

Parabéns!

Beijos

Iara

Léo Santos disse...

Afasta de mim, também. Senão esse alguém não fará outra coisa além de me criticar.

Um abraço!

Rafael Castellar das Neves disse...

Ótimo!! que assim seja!!

Bela proposta...o Guará faz muito bem feito!

[]s

Guará Matos disse...

Obrigado querida! Me senti um Quintana, Drummond e outros memoráveis!
Que coisa linda!!!
Maria Rita e eu fizemos uma dupla muito legal.
Beijosssssss!

Franck disse...

O avesso do avesso do avesso...
E Guará para complementar, muito bom!
Bj*

Folhas de Andreza disse...

menina Rita...

santas?!...não...humanas!!!
Xeretando depois de uma indicação do gatoso Guára...ficando....deixando bjks doce ♥.

Lívia Azzi disse...

"não me cobrem esta maldita santidade e nem me vistam de donzela", muito bom!

Vim por indicação do amigo Guará, gostei... também das citações de Clarice e do Carpinejar.

Um abraço!

Rosane Marega disse...

Oiee, guará sugeriu, vim confirmar e adorei!
Parabéns aos dois.
O teu blog é lindo viu, te sigo.
Beijosssssss

Faa Cintra disse...

Lindo...

Faa Cintra disse...

Lindo...

Ana SS disse...

Ah! E pra onde iria toda essa energia?
:)

Desnuda disse...

Maria Rita,

Vim do blog do amigo Guará. Achei o seu texto maravilhoso: inteligente e bem escrito. E a inserção do amigo Guará vem complementar divinamente. Um post rico em conteúdo.Parabéns pela composição.

Beijos com carinho e boa semana.

Flor de Lótus disse...

Oi,Maria!Lembrei do livro da Lya Luft pensar é transgredir e com certeza viver também é transgredir não pdoemos querer tudo perfeito, do nosso jeito, precisamos de tesão, de alegria desmidida de se entregar aos desejos da carne.
Beijosss

Cacá - José Cláudio disse...

Nesse embate de contrários, entre uma negação e um querer afirmativo, a posição melhor é a minha, daqui de fora, extasiando-me com este lindo arcabouço de versos, Maria Rita! Abração. paz e bem.

Juliane S. Rocha disse...

O que comentar? É perfeito.

Kelly Maia disse...

Mto Bom!!! :)

Anônimo disse...

Ameeeeeeeeeeei
muito bom

beijos

ƸӁƷBeautiful Butterfly WomanƸӁƷ disse...

Amiga queridaaa!!!tem um lindo selinho lá no meu para vc.enfeitar o seu blog...eu quero voar no seu blog...hehehehehe!!beijos lindaaa!!!

Janaina Cruz disse...

Salve Maria Rita,

Encontre o link do teu blog no blog do Guará, e amei os teus paradoxos.

Acho que só conhece a si mesmo, quem ousou fazer tudo que sempre faz, ao contrário.

Sigo com prazer o teu blog,

Abraços mil

REGGINA MOON disse...

Maria Rita,

Adorei a sua postagem...ter a sabedoria de "transgredir" é algo que somente adquirimos com o tempo...rs

Parabéns!

beijos.......Reggina Moon

Jéll C. disse...

Adorei. *-* Muito legal o que vc escreveu.
Tenha um ótimo dia. ;**