...minha escrita até pode ser autodidata,
mas está bem longe de ser autobiográfica...

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

enviAR...


Esta quase chuva me fez lembrar de ti, e me bateu uma vontade insuportável de te abraçar e poder te desejar todas as coisas boas que você merece, e até mesmo as que você nem merece.

Recordando o que passou percebi que nossos silêncios e palavras desencontradas levaram-me a rever pessoas e conceitos que pouco a pouco foram nos conduzindo do ‘tudo’ ao ‘nada’.

Passei dias bem difíceis, senti uma tristeza tão filha da puta que acabou virando força, veja só que coisa!

Foi preciso nos perder para poder nos encontrar, e hoje sou o que eu já era e não demonstrava até você chegar.

Ah, só pra constar, eu não te amo mais, me tornei apenas uma pessoa que já fica bem feliz em saber que você existe e que continua exibindo aquele teu sorriso lindo, ainda que seja em ruas distantes.

Ok...reconheço que sinto uma dor bem fininha quando lembro que tropeçamos em todos os obstáculos que encontramos, mas quero que saiba que só por você ter me olhado daquele jeito que nunca mais ninguém olhou já valeu a pena tudo que a gente vivenciou.

Só te peço um favor...

Seja feliz do tamanho que você sempre sonhou!


[Enter]


[Mensagem enviada]


Maria Rita


26 comentários:

Cacá - José Cláudio disse...

Mandou bem demais. Adorei a expressividade! Abraços. Paz e bem.

disse...

Adorei... queria ter a coragem de dizer tudo isso também... Um dia quem sabe.. Um dia!
Beijos no Coração!

=)

Valéria Martins disse...

Oi, Maria Rita! Bonito o seu blog e vc parece uma pessoa bastante sensível. Um beijo, obrigada por vistar a Pausa do Tempo. Um ótimo ano!

Paulo Francisco disse...

Sei não... Eu não gostaria de ouvir tudo isso. Ficaria muito Puto comigo mesmo.
Amei o texto!
Um beijo.

Borboleta no Casulo disse...

Seu texto tem uma total sensibilidade, é incrivel!!!
Já pensei em dizer isso tb várias vezes, mas no meu caso é melhor deixar quieto!!rs
Bjs

Renata Fagundes disse...

Você tá com mania de me fazer sentir um nó na garganta, um aperto no peito...não fui preparada para viver, para ler sobre o fim, por mais bonitas que sejam as palavras.


beijos cintilantes Maria Rita

agradeço seu carinho e sua presença diária :)

Gabriela Furtado disse...

A chuva sempre nos molha de lembranças, né?
É bem bonito e verdadeiro esse sentimento de desejo de felicidade alheia...raro!
beeeijos

Tatiana disse...

Olá Maria Rita!
Que bom retornar ao blog e as postagens...Principalmente poder vir aqui e ler algo tão belo!

Espero que esse novo ano seja ainda melhor para todos nós, que 2011 seja um ano de sucesso para você!

Beijos com o meu carinho

Michele P. disse...

Mulher de coragem e sentimentos!
:-)Bravo!

Samuel Pimenta disse...

Quando um assunto se encerra, abre-se um novo mundo de descobertas!
Belo texto.

Tudo de bom,

Samuel Pimenta.

Ana SS disse...

Favor de quem ama.

dja disse...

Ola lindona, bjinhoss no seu coração. òtimo fim de semana. Ta doendo, mas vai passar.

Sylvia Rosa disse...

Parece ter escrito por mim amiga, e como eu sou um tantinho egoísta gostaria que "ele" também lesse e se identificasse... Amor só faz bem se não trouxe dor, então onde encontrá-lo??????????? Se tudo tem seu tempo, vamos ser pacientes, né?
Bj

Noe* disse...

Sabe que me deu um nó na garganta?
A cada dia me apaixono mais por teus escritos, é possivel sentir que foi escrito com o coração!!!

Um beijo e lindo final de semana =*

Morena disse...

Maria Rita, amei o texto. Aliás, é tudo muito adorável por aqui!

Beijos!

Everson Russo disse...

Lembranças e nostalgia,,,poesia,,,cenario perfeito do amor,,,um grande beijo de boa semana pra ti querida.

Déya disse...

olá; vim agradecer sua visita e suas palavras ..
obg!

gostei do que vi por aqui, sigo te com prazer..
beijo, e até!

A Viagem disse...

Encontrei você no blog do Everson .
Um site muito lindo e uma postagem contagiante.
Entrei seguindo seu site convido a seguir o meu ficarei muito feliz com vc aqui comigo.
Um lindo final de Domingo.Uma bélissima semana beijos carinhosos,Evanir.
www.fonte-amor.zip.net

Sandra Botelho disse...

E no final ainda resta o amor...Somente se perdeu a doçura da presença.
Bjos achocolatados

Vanessa Souza Moraes disse...

Os sonhos nunca se equivalem - em tamanho - às nossas realidades. Quase nunca.

http://vemcaluisa.blogspot.com/

Olavo disse...

Perfeito...
Sempre vale a pena..
Beijos

Everson Russo disse...

Super beijo de linda semana pra ti querida...paz, amor e poesia sempre.

Long Haired Lady disse...

amar nao amar, querer bem, sempre.
é isso que importa.
beijo!

Fabiane Siqueira disse...

Eu ainda estou na fase da dor "filha da puta"...rs... chegarei lá...
Adorei o blog!!!
bjos e obrigada pela visita!!!

Pat. disse...

Obrigada imenso por teu carinho. Adoro teus posts.
Beijos

Anônimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis sans ordonnance
http://commandercialisfer.lo.gs/ acheter cialis generique
http://prezzocialisgenericoit.net/ tadalafil comprare
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis generico