...minha escrita até pode ser autodidata,
mas está bem longe de ser autobiográfica...

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

anoNOVO[!]


Desejo que você...



Seja louco o suficiente para ser feliz de verdade.


Preocupe-se menos em agradar aos outros e concentre-se mais na sua própria percepção de amor e paz.


Trabalhe com prazer, guarde muito dinheiro e nenhum rancor.


Seja menos politicamente correto e mais autenticamente [in]sensato.


Ame de corpo e de alma e que seja recíproco.


Faça muito sexo, com ou sem amor, mas jamais com irresponsabilidade.


Diga ‘foda-se’ e ‘eu te amo’ pra não ter que engolir nenhum dos dois, pois isso poderia causar-lhe câncer e frustrações.


Tenha saúde, amigos, perdoe os desafetos, seja perdoado, saiba agradecer, ouvir e dizer ‘muito obrigado’.


Aceite que dias tristes virão, mas isso não quer dizer que eles precisem ficar.


Aprenda que antes de tomar banho de descarrego é preciso tomar banho de consciência, que príncipes e princesas encantadas não existem, que gente perfeita é um saco, que fé só funciona com amor próprio [aliás nada funciona sem ele], que nem só de amor se sustenta uma relação, que o tempo é um santo remédio e que o Diabo pode ser um ótimo anfitrião.


Enfim, desejo a você neste ano novo, todas aquelas coisas boas que as pessoas costumam desejar, mas não se iluda...



Nada muda se você não mudar!




Maria Rita



quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

diaRiameNte[?!]


Sabe seu moço eu adoro o Natal...



Mas aprendi muito cedo que Papai Noel não existe, aliás, a palavra “Pai” não me causa boas recordações.

Presente pra mim é comida no prato, mas queria muito poder ganhar outros regalos, como por exemplo, carinho, amor, estudo e outros tantos punhados do muito que não me é dado.

Ainda assim adoro o Natal, é uma data tão linda, a cidade fica toda iluminada com luzes coloridas que até mesmo minhas dores parecem ficar menos doídas.

Mas quer saber mesmo o porque que acho essa data tão incrível?

Porque entre tantos dias é no Natal que as pessoas não me tratam como se eu fosse invisível...



Pena que acontece só uma vez por ano!





"O Cristo não pediu muita coisa

Ele só pediu que nos
amássemos uns aos outros."

(Chico Xavier)





Maria Rita



terça-feira, 21 de dezembro de 2010

ErranANDO...


Entenda...


Minha lista de ‘merdas’ é tão extensa, que eu precisaria gastar um tempo que eu não tenho para relatá-las, mas reconheço que não sei o que seria de mim sem elas.




"Se for falar mal de mim me chama,

sei coisas terríveis a meu respeito.”

(Tati Bernardi)




Maria Rita



domingo, 19 de dezembro de 2010

mostre-SE...


[Só para constar...]

Admiro conversas inteligentes, pessoas que sabem rir, chorar, calar e principalmente admiro gente que fala o que pensa ainda que eu não vá gostar.



“Se mostre e eu descubro se eu gosto
do seu verdadeiro jeito de ser”
(Pitty)




Maria Rita



quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

SiNtOmAs...


Socorro chamem um médico, enfermeira, psicólogo, costureira, britadeira ou qualquer coisa hábil e eficiente capaz de tirar do meu corpo e da minha mente esta vontade da tua intimidade. São tantos os sintomas da minha doença que a prescrição medicamentosa teria que vir acompanhada por centenas de lenços de papel, pois ainda que tenha remédio pra isso, nada evitaria a tragédia que seria simplesmente estar curada. Arrancar você de mim seria abrir mão da minha melhor composição, pior que isso, seria como atear fogo na minha inspiração e condena-la ao nunca mais.




“Anos de aprimoramento

e ele quer mudar todo o esquema.

O moço quer me fazer feliz.

Veja se pode!"
(Tati Bernardi)




Maria Rita



segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

mOLHAda...


Ousei me despir das ansiedades


Para banhar-me nos chuviscos da paz


Limpei a poeira de dentro


Lavei meus pensamentos


Mas quando notei estava atrasada


Tinha que voltar...


Para a loucura de sempre!




Maria Rita



quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

juNtos...


[Ele...]


Roubou a solidão e a privacidade dela


[Ela...]


Banhou com sorrisos a seriedade dele


[Juntos...]


Amanheciam suados de felicidade




Maria Rita



segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

gEnte...


Neste mundo


[devido a minha vocação]


Já salvei muita gente


Gente de todo lugar e de toda religião


Mas me dói o peito quando me pego a constatar


Que aqueles que mais amo


São por vezes os mais difíceis de salvar!





Maria Rita



quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

beiJo...


Se eu pudesse...



Mudaria muitas coisas de lugar

[O tempo, a hora e as escolhas erradas]

Traria você aqui só pra te olhar

Tocaria com o rosto a tua barba serrada

E beijaria o beijo mais cheio de bem querer

Que um beijo meu pudesse oferecer

Passaria a noite conversando com os teus gemidos

Só pra depois poder te ver dormir sorrindo

Faria do hoje um lugar onde se quer estar

Mesmo que não seja doce só precisaria ficar



E então nós poderíamos...





Maria Rita



segunda-feira, 29 de novembro de 2010

auSENTE...


Depois de olhar com olhos de ver...


Subitamente minha conexão com o mundo caiu, só conseguia ouvir meus pensamentos que de tão intensos me fizeram seguir de maneira automática o caminho de volta pra casa.

Precisava voltar, não apenas para o meu lar, mas também para o meu corpo, para a minha vida e para os sentimentos que naquele momento resolveram debandar.

Não conseguia sorrir, nem chorar e até as palavras me faltaram [fato raro], juro que tentei sentir alguma coisa, mas só havia um “nada” que gradualmente me tomava.

Foi assim que a razão me explicou coisas que até então não compreendia, evidenciou outras tantas que por medo eu fingia que não via e pouco a pouco tudo foi adquirindo uma clareza tão grande que parecia não ter fim, quanto mais aquele “nada” interno percorria as minhas veias mais eu percebia o quanto estava ausente de mim!





“Se um dia me arriscar num outro lugar,
hei de levar comigo a estrada que não me deixa sair de mim.”

(Mia Couto)





Maria Rita




sábado, 27 de novembro de 2010

AdoRo...


Adoro quando você me protege


Mesmo que seja brincando


Adoro quando você me fala das tuas coisas


Mesmo que eu não acredite


Adoro quando displicentemente você me arranca sorrisos


Mesmo que eu esteja triste!





[Quando a gente pensa que naquele beco não tem saída vem um amigo e desenha soluções! Por isso adoro TANTO!]





Maria Rita



quinta-feira, 25 de novembro de 2010

maRcas...


Quebrou

Machucou

Espalhou


Medicou

Assoprou

Remendou


U

F

A


Passou!




Restaram apenas algumas cicatrizes deixadas em lugares que só eu sei [sinto], o que me importa é que a dor cessou, embora lateje muito nos dias frios...




Maria Rita



terça-feira, 23 de novembro de 2010

declarAÇÃO...



Falando pra ti do meu sentir


[Declarei...]


Roubando os teus sentidos


[Provoquei...]


Todas as palavras que eu disse


[Provei...]


Em cada centímetro do teu arrepio!





Maria Rita



domingo, 21 de novembro de 2010

pétalaS...


Não posso mais ficar...


Quero a paz despojada de quem se permite partir.


Mas vou deixar minhas pétalas pela estrada,


no caso de você um dia querer me seguir!




"Eu só quero celebrar

as minhas flores de dentro

da forma mais adequada.

Eu não tenho mais tempo

para ser aquela pessoa certa

na tua hora errada."
(Marla de Queiroz)





Maria Rita