...minha escrita até pode ser autodidata,
mas está bem longe de ser autobiográfica...

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

doiS...


Dos teus braços fiz o laço que envolve meus contornos

Para que na tua [nossa] ausência estejamos juntos

Sopra-me ao vento

Ainda sim seremos dois

Enlaça-me novamente

Liberte-me depois

(...)


“Um amor precisa de espaço para voar,

liberdade para querer ficar,

alegria e algum desassossego.”

(Lya Luft)




Maria Rita



18 comentários:

Sandra Botelho disse...

Nos braços do amor...Sem escravidão, apenas liberdade e prisão.
Bjos achocolatados

Bibiana Benites disse...

Ainda se faz presente um laço entre nós.
Ah... esse amor cheio de surpresas.

Beijos flor!

disse...

É...
O bom é que você entende o que quero dizer.

Beijo!

disse...

É...
O bom é que você entende o que quero dizer.

Beijo!

Pedro Gaivota disse...

Rita "Catita"
(desculpe o abuso, mas este é um tratamento carinhoso entre os "Tugas" e eu acho-a "Catita")

O encanto da ausência ou da liberdade está na expectativa do abraço.SEMPRE.

Ausento-me agora por um tempo, mas regressarei para te abraçar.

Beijinhos

Nilson Barcelli disse...

As tuas palavras são um laço que me envolvem... isto é, o teu poema é excelente. Parabéns pelo talento poético que revelas.
Beijos, querida amiga Maria Rita.

Juliane S. Rocha disse...

Acho que não haveria amor sem esse laço.
Beijos

Iara disse...

OLá!!
Perdi minhas palavras diante de versos tão lindos.
Parabéns!
Bjs

Guará Matos disse...

Laços, enlaces...
Prazer... Sempre
Prazer.

Bjs.

dizcorra disse...

Só saudade...

Beijos.

Thiago Quintella de Mattos disse...

Enlaçados podem estar livres, soltos presos à vontade de se abraçarem novamente!! Demais o poema!

Daniel disse...

Precisamos de liberdade para fazer nossas próprias escolhas. Nada que é forçado pode ser bom. E a recompensa é que quando isso realmente acontece, de termos alguém que sente prazer em estar conosco, somos felizes completamente.

Daniel

Ana SS disse...

Me aperta e me solta...pra poder me apertar de novo.
:)

Renata Fagundes disse...

um amor precisa de desassossego, braços, corpos, beijos...

Adooooooooro tudo aqui

beeeeeeijo Maria Rita

Danielle Martins disse...

Adorei o seu blog e sua visita!
Vou vir sempre, posso?!
Beijos!

Flor de Lótus disse...

O amor precisa de espaço e de tmepo para florecer, não podemos sufocá-lo para que ele não morra mesmo antes de florecer...
Beijos

Vieira Calado disse...

Sim

Principalmente desassossego!

Saudações poéticas

A.S. disse...

Tuas palavras são doces caricias...

Beijos!
AL