...minha escrita até pode ser autodidata,
mas está bem longe de ser autobiográfica...

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Despertando a Alma: “Dez de Copas"


O Dez de Copas chega para nos falar de saturação, compromissos e excessos que muitas vezes em nossas vidas absorvemos em prol dos outros [família, chefe, trabalho e etc...].


São os “tem que” impostos pela vida, que apesar de muitos deles terem seus propósitos, não podemos abrir mão [em tempo integral], de nossas mais profundas necessidades emocionais, mesmo que seja em virtude de causas extremamente justas.


Sabe quando tudo está aparentemente bem, mas ao mesmo tempo sentimos uma sensação estranha de que nossa alma está presa?


É neste ponto que o Dez de Copas entra pra dizer que as maiores guerras podem estar dentro do nosso próprio ser.


Ficamos tão focados nos afazeres do dia a dia que não abrimos espaços para o “natural” e o “espontâneo” em nosso roteiro diário, seguimos em um contexto politicamente correto, porém vazio de alma, isento de liberdade e profundamente mecanizado.


Analise sua vida, seja sincero consigo mesmo e tente notar o que não está sendo mais verdadeiro, abra-se para pedir algum tipo de ajuda e busque mudanças nas pequenas coisas.


Geralmente só percebemos o peso que estamos carregando quando o largamos por alguns segundos para aliviar os braços.


Quando o preço de uma vida aparentemente completa for a infelicidade é sinal de que existem muitos excessos com pouca sinceridade.




**Dica da Criança Interior (Peter Pan): Mesmo que lutar por segurança e estabilidade na vida cotidiana seja uma atitude sensata, conceda a si mesmo a liberdade de sonhar, fantasiar e aventurar. Faça um passeio de canoa, beije na boca, declare-se pra quem você ama, veleje ao por do Sol ou ouça as ondas que quebram na praia. Passe algum tempo numa região de natureza, perceba os pássaros e brinque com seu animal de estimação. Não hesite em voar para os reinos sublimes da imaginação, é assim que trazemos para a nossa realidade pequenos pedaços de grandes felicidades.




Maria Rita




**Tarô da Criança Interior



4 comentários:

Bordados e Retalhos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bordados e Retalhos disse...

Querida estou tentando fazer coisas que me deêm mais prazer. Meu trabalho é muito prazeroso. Não somente o trabalho em si, mas a vida por aqui nesse lugar onde exerço minha profissão, apesar dos pesares, é muito prazerosa. Mas infelizmente nem tudo na vida é assim. Cada espinho que entra no meu pé, vc nem imagina. Adorei sua visita no meu blog e o carinhoso comentário. Bjs Já estou te seguindo

24 de setembro de 2010 11:11

Isadora disse...

Maria Rita passo para retrubuir sua visita e me deparo com uma carta do tarô. Adoro tarô e estudei por um tempo. Ultimamente não tenho aberto o meu, nem estudado como deveria, mas acho uma excelente maneira de buscarmos o auto-conhecimento.
Um beijo

ღPat.ღ disse...

Maria Rita,

Obrigada por teu carinho em meu blog e venho conhecer-te... já estou seguindo-a.

Beijo e um fim de semana mágico.