...minha escrita até pode ser autodidata,
mas está bem longe de ser autobiográfica...

terça-feira, 19 de abril de 2011

InfânciA...


Inspiro-me para manter a sanidade

Palavras seguem maculando minhas verdades

Ignoro o tic-tac dos ponteiros

Prefiro não sabê-los

[...]

Sangro minhas feridas

Ouço a voz didática da dor

Tenho pressa

Invento um vento

Ouço cantigas

Exorcizo tormentos

Absorta

Vasculho gavetas

Subitamente...

Ali está!

Uma garotinha

Chorando

Sofrendo

Por ser uma menina má

Aquela lá

Que não ouve ‘bons’ conselhos

Que faz o que quer

E vomita o que vem ao pensamento

Olhei bem nos olhos dela pra dizer:

Pára de choramingar garota

Ninguém é o dono da verdade

Sabe isto que chamaram de ‘teus piores defeitos’?

Vão se tornar as tuas melhores qualidades!




Maria Rita


10 comentários:

JasonJr. disse...

:D

Samuel Pimenta disse...

É bom quando conseguimos guardar as pérolas que a infância nos oferece!
Tudo de bom. Beijinhos!

Daniel disse...

Gostei demais da sua postagem, achei ela bem real, pois já vi algumas meninas que se pareciam a do seu texto.

Só discordo quando diz que ninguém é dono da verdade. Tenho 32 anos e ainda não mudei nesse aspecto. Continuo achando que muitas vezes somos donos da verdade e em outras somos apenas dono de uma versão.

Daniel

Michele P. disse...

Maria

Gostei do conselho "Sabe isto que chamaram de ‘teus piores defeitos’?
Vão se tornar as tuas melhores qualidades!".

Já disse Clarice Lispector: Nunca sabemos qual de nossos defeitos sustentam o edifício inteiro.
:)

Bjs!

Vanessa Souza Moraes disse...

é uma boa tese...

♪ Sil disse...

Maria Rita, querida!

Minha amiga, que coisa mais linda de texto.
Eu estava lendo o comentário da Michele, e faço das palavras dela, as minhas.
Ela foi perfeita!!!

Minha flor, te desejo uma páscoa bem bonita.
E continue nos deliciando com palavras que a gente guarda sempre no coração!

Um beijo!

Paulo Francisco disse...

Bravo! E assim a gente vai aprendendo...vivendo, escolhendo...
Um beijo Maria Rita!

MOISÉS POETA disse...

Essas viagens por dentro sempre nos diz coisas... !

um beijo, querida !

Cadinho RoCo disse...

Vivemos num constante aprendizado.
Cadinho RoCo

Malena disse...

Lindo!!! Sinto-me tanto assim! :)